domingo, 21 de agosto de 2011




 221638_105818006173080_104391982982349_56870_5065872_n_large




Com a correria do trabalho e de todos os estudos que faço, aprendi a ser feliz sozinha. Não digo de uma forma depressiva, estilo Forever Alone, do tipo que vive lamentando não ter alguém por perto. Mas sim do tipo que curte ir ao cinema sozinha, ouvir as músicas que gosta e cantá-las, e que não fica triste em fazer algo só.

É claro que desfruto da companhia dos meus amigos quando posso, quando não passo horas falando com eles ao telefone ou trocando mensagens via SMS e redes sociais (sim, porque é importante ter alguém para conversar nem que seja sobre o dia).

Como faço isso?

Costumo andar pelos lugares que gosto, visitar Megastores e passar horas olhando para muitos livros e CD's, andar olhando para os meus pés enquanto ouço uma música legal, fazer o que me apraz (o que acho que muitas pessoas considerariam idiotas)...

Você pode ter uma imagem séria diante das pessoas por motivos de trabalho, pode ser uma pessoa reservada também, mas, em se tratando de si mesmo, porquê não se dar um momento fazendo algo que gosta aproveitando a sua própria companhia?



Como gosto é uma coisa muito relativa,sempre haverá coisas que você pode gostar e as pessoas ao seu redor não. Claro que não se pode abandonar o que se gosta apenas para agradar alguém  (pode até abandonar, mas o faça porque quer) ou só porque as pessoas que você conhecem não fazem. Estou falando de coisas legais, permitidas por lei, diga-se de passagem.



O importante de fazer isso não é pensar coisas do tipo "ah, bem que x ou y poderiam estar aqui" e sim aproveitar o momento e sorrir, não ter que pensar nos outros e sim em si mesmo. É o SEU momento e estará fazendo o que VOCÊ gosta. Porquê não aproveitar?

5 comentários:

Kayo disse...

A gente passa a se valorizar mais, acaba tendo muito mais conteúdo, isso é muito bom, amo meus momentos de alegria solitária por assim dizer ;) Adorei o post e as fotos! rs amo as fotos que vc põe!

Poly_andra disse...

Acho que aprendi a ser feliz sozinha com algumas "porradas na cabeça"
depois se ficar sozinha obrigada, fui descobrindo que tem partes boas nisso..

;** cuide-se

Brunno Soares disse...

Engraçado, esse post veio mt a calhar hoje.. passei o dia assitindo filmes, sozinho ... na minha rede...
preciso aprender a fazer mais coisas sozinho...

bjoss..
lindo post
#desafio

Juscilaine Pedrosa disse...

Enfim...soube desse blog atraves de um RT do @macsousa e amei =D penso que ela postou algo para mim..rsrs *Bom...pensando mt esses tempos percebi que achava que so seria "feliz" se tivesse mts pessoas ao meu redor, um fds com mt amigos, um cine td quarta feira..mas vi que nem sempre foi e vai ser assim. E que a gt pode sim fazer mt coisas so...passei a ir ao cine sozinha e logo nos primeiros minutos me senti um et rsrs mas depois curtir o momento e passei a fazer mais. Nos devemos sim aproveitar cada momento, pois, deixar passar e se lamentar..isso..isso nao tem volta.

=) Juh

lugar_teu disse...

eu gosto da minha companhia. aprendi a gostar dela e a gozar o que a vida tem para me dar sozinha. acho que faz parte. a outra parte é conseguir equilibrar os amigos, os cafes, as saidas à noite, os concertos com esse lado mais solitário.
fico sempre entusiasmada com as suas ideias... fazem-me parecer menos parva!
beijo =)*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...