sexta-feira, 25 de novembro de 2011





Estive pensando nisso ontem...

Tumblr_luv4ombcaj1r0ypfoo1_400_large

Ás vezes a gente tem que perder o que mais gostamos para aprender a valorizar, a dar valor. Muitas das vezes temos algo ao acesso de nossa mão e não nos imaginamos como seria viver sem isso e, quando perdemos, descobrimos que éramos feliz e não sabíamos.

Há vezes em que nossa vida dá um giro de 180º e tudo vira do avesso e nos sentimos perdidos, como se tudo nos faltasse, e as coisas com as quais estamos acostumados não estão ao nosso alcance.

Nessas horas temos poucas alternativas:
- Se adaptar ao novo modo.
- Tentar voltar ao modo antigo.
- Se estabilizar ao novo modo e depois planejar voltar ao antigo.
- Fugir de tudo e traçar você mesmo um nomo caminho.
- ...

Eu só espero não ter que me debater muito justamente quando a ajuda não vier, encontrar um modo de fugir quando todos pensarem que me acomodei. Espero ter bastante fé e assim, com a liberdade, utilizá-la melhor e valorizá-la. Espero, também, não perder a minha identidade, encontrar a porta aberta, abrir as asas e voar para bem longe.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Todos temos sonhos e uma noção de aonde queremos estar, seja hoje, seja amanhã, daqui a alguns anos..
A pergunta que faço é justamente a que está na foto:

Você está vivendo seu sonho?


Seja passar num concurso, comprar um carro, casar, divorciar, mudar de vida, se apaixonar, viajar, aprender a tocar algum instrumento, descobrir coisas novas, se apaixonar...
De que serviria a vida se não fosse para corrigir erros, vencer nossos preconceitos e, a cada dia, alargar nosso coração e pensamento?

Muitas das vezes podemos não estar aonde queremos, mas nos sentimos felizes por conseguir ou (ter conseguido) alcançar algum objetivo, e nos sentimos motivados a continuar. Há vezes também em que caminhamos para isso e nos sentimos felizes por estar no caminho certo.

Fazer ou não seus sonhos acontecerem pode ser relativo, há vezes em que tudo irá depender de você, vezes em que dependerá de outras pessoas. Há vezes em que a melhor idéia é se concentrar em um,  vezes em que a melhor idéia é realizar alguns de uma vez só. Há vezes em que o que queremos muita gente diz ser impossível...

[ Muitas das coisas que conhecemos e sabemos atualmente foram coisas conquistadas/descobertas por pessoas julgadas loucas por suas idéias e ideais. Lembrei do sonho de Martin Luther King durante a segregação nos EUA, de ver seus filhos sendo julgados pelo seu caráter e não pela cor de sua pele e de Galileu Galilei batendo pé com a igreja quando defendeu o heliocentrismo. ]

Existem coisas que sonhamos que podem ser desimportante para outras pessoas e vitais para nós. O importante é fazer acontecer e não desistir de si mesmo, é correr atrás do que se quer. É também fazer algo que não gosta para conseguir algo esperado (porque a gente nem sempre vai fazer o que quer). 

Sonhar é bom, sempre. Tenha muitos, tenha mais.
O importante é poder caminhar e quando olhar para trás ver quanto sonho conseguiu almejar, virar para frente e seguir buscando almejar tantos outros mais.



segunda-feira, 7 de novembro de 2011
Sempre achei a criatividade desse clipe incrível e essa música meio que me define hoje



Strawberry Swing

They were sitting
They were sitting on the strawberry swing
Every moment was so precious

They were sitting
They were talking under strawberry swing
Everybody was for fighting
Wouldn't want to waste a thing


Cold cold water bring me round
Now my feet won't touch the ground
Cold cold water what you say?
When it's such, it's such a perfect day
Such a perfect day

I remember We were walking up to strawberry swing
I can't wait until the morning
Wouldn't want to change a thing

People moving all the time
Inside a perfectly straight line
Don't you wanna just curve away
When it's such, it's such a perfect day
It's such a perfect day

Ah-ah-ah-ah-iiiii
Now the sky could be blue I don't mind
Without you it's a waste of time
Could be blue I don't mind
Without you it's a waste of time
Now the sky could be blue could be grey
Without you I'm just miles away
Oh the sky could be blue I don't mind
Without you it's a waste of time

Balanço de Morango

Eles estavam sentados
Estavam sentados no balanço de morango
Cada momento era precioso

Eles estavam sentados
Estavam falando de baixo do balanço de morango
Todo mundo queria lutar
Não queriam perder nada

Gelada água gelada trás-me de volta
Agora meus pés não vão tocar o chão
Gelada água gelada, o que você me diz?
É tão... É um dia tão perfeito
Um dia tão perfeito....

Eu me lembro, estávamos a subir para o balanço de morango
Eu não posso esperar até amanhecer
Eu não iria querer mudar nada

Pessoas movendo-se o tempo todo
Dentro de uma perfeita linha reta
Você não quer simplesmente curvar para fora?
É tão... É um dia tão perfeito
É um dia tão perfeito....

Ah-ah-ah-ah-iiiii
Agora o céu poderia ser azul, não me importo
Sem você é uma perda de tempo
Poderia ser azul, não me importo...
Sem você é uma perda de tempo
Agora o céu poderia ser azul, poderia ser cinzento
Sem você eu estou a milhas de distância
Oh o céu poderia ser azul, eu não me importo
Sem você é uma perda de tempo.
quarta-feira, 2 de novembro de 2011
Tumblr_ltxmibxbpj1qjscedo1_500_large


Eu não sei se vocês já se depararam com aquela situação chata de comprar um livro e ao chegar em casa descobrir que a compra não valeu muito a pena já que você se cansou logo nas primeiras páginas. O mesmo acontece com um CD onde você pode achar a capa legal, o nome da banda diferente e quando chega em casa para escutar, acaba por abandonar o CD em meio a tantos outros que não serão ouvidos tão cedo. Acontece comigo, acontece com todo mundo. Essas são algumas dicas minhas para quem não queira passar por isso novamente:

Livros:

Tumblr_lr19nuljxw1r1seyqo1_500_large


Nem sempre o fato de um livro ter uma capa bonitinha significa que ele seja legal. Na maioria das vezes resolvemos comprar um livro porque já ouvimos falar sobre o autor, sobre a obra ou porque nos foi indicado por alguém próximo. 
Ao ir numa livraria, procure folhear as primeiras páginas do livro. Se você achar que irá ler o livro até o fim, compre. Isso funciona até mesmo para aqueles livros que você pega ao acaso, começa a ler do nada e alguns minutos depois percebe que está preso à leitura (também já emprestei vários livros de amigos assim).

Se puder, a melhor opção de compra é livro de segunda mão. Muita gente vende livros usados que na maioria das vezes estão em perfeitas condições como se acabassem de ter saído da loja. Uma vez eu queria ler muito o livro “Neve” de Orhan Pamuk e consegui encontrá-lo 3 vezes mais barato do que se eu tivesse comprado numa livraria. O cuidado nesse tipo de compra é relativa a exigência de quem procura, no meu caso, me preocupo em saber se o livro está muito riscado por dentro, pois costumo adicionar marcações às minhas leituras.


CD's:


Há vezes em que você escuta uma única música de uma banda e resolve comprar o CD todo, chegando em casa descobre que o CD não era aquilo que você esperava.

 Eu sei que em meio a era da internet é possível baixar o CD da internet totalmente de graça.
Confesso que ainda sou fã do bom e velho CD por alguns motivos. Se você baixa da internet um Álbum de Músicas e passa ele para seu mp3/mp4/ipod e depois seu player dá problemas, você terá que acessar a internet de novo para baixar tudo de novo. Se você tem um CD, pode passar para o computador enquanto escuta o mesmo e depois para o player, pode ouvir o CD no carro, pode ouvir em casa e etc. Fora que se o seu player der problemas, o CD estará sempre à mão.

É bom conhecer um pouco sobre a banda, ouvir um pouco do trabalho deles antes de optar pelo CD. Caso você já seja fã, ignore isso tudo porque mal a banda anuncia, estamos a lotar a pré-venda exigindo o CD nas lojas no dia exato do lançamento mesmo sem saber quais são as faixas que o CD leva.

Ah, é. Falando nisso, em período de lançamento o CD é sempre caro. Caso você queira comprar ele por um preço mais acessível, os preços baixam depois de alguns meses ou após a banda lançar um trabalho novo. Tá, tem CD cujo preço não baixa de jeito nenhum né, Coldplay e nesse caso as únicas opções que você tem é pedir de presente ou juntar o valor relativo ao CD.

Os cuidados nesse tipo de compra são esses: após a compra do CD, independente de ele estar lacrado ou não, verifique se o CD está arranhado, se a capa não está grudada e se o CD não tem algum defeito.

Caso você tenha muitos livros que não os usa, passe-os adiante doando para escolas ou pessoas que precisam ou gostam. Difundir o conhecimento é sempre bom. Quanto aos CDs, procure trocar com amigos e, caso eles estejam inutilizados, invente arte com a reciclagem deles. :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...