quarta-feira, 7 de novembro de 2012


185143_464958206869995_2038733263_n_large 
 

Sempre achei que o "para sempre" pudesse durar somente alguns segundos, minutos, horas e etc. Para sempre não significa que até a eternidade algo irá durar, mas sim que talvez você nunca esqueça algo que considera importante ao lado de alguém ou mesmo estando sozinho.
Para a Stephenie Meyer, autora da Saga Crepúsculo (o qual eu sou fã, apesar de todos os pesares), no livro "Amanhecer" ela diz que "Para sempre é apenas o começo". Interpreto isso com o sentido de que se algo tem um efeito avassalador na sua vida, então ela (a sua vida) nunca mais será a mesma.
Considero isso importante, ter algo que mude o rumo das nossas vidas, que nos faça virar do avesso, pensar diferente.. Acho o marasmo cansativo e que qualquer experiência é válida, pois ela sempre tem algo para nos ensinar..

2 comentários:

Polyandra disse...

Penso que podemos usar Vinicius de Moraes:

Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure.

;*
Saudades moça ;)

lugar_teu disse...

Ao longo dos anos fui mudando a minha teoria do "para sempre". Hoje acredito, como vôce, que "para sempre" depende só e exclusivamente da intensidade e da entrega com que vivemos todas as coisas, cada dia da nossa vida.

=)*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...