sexta-feira, 3 de outubro de 2014
ZAZ - "On ira"


É tipo assim, quando eu menos espero. Os dedos vão automaticamente no player caçando essa música. Gosto da letra, de tudo o que ela diz e me faz sentir. Às vezes tropeço na letra, esqueço partes. Dias em que só escuto, ou então grito:


Oh! Qu'elle est belle notre chance
Aux milles couleurs de l'être humain
Mélangées de nos différences
A la croisée des destins

Vous êtes les étoiles, nous somme l'univers
Vous êtes en un grain de sable, nous sommes le désert
Vous êtes mille pages et moi je suis la plume


Gosto dela pois me remete ao filme "Sociedade dos Poetas Mortos" e do Carpe Diem, de fazer coisas quando se tem vontade, ainda que elas sejam um tanto sem noção. De se sentir vivo, de fugir a normalidade. 
É uma daquelas músicas em que ao escutar simplesmente esqueço tudo, daquelas que posso passar dias sem ouvir mas não excluo da minha lista e, quando menos espero, ela toma sentido, sendo a trilha sonora de partes da minha vida, colorindo-a com acordes.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...